Casinha do Saber e Parquinho Lage

Casinha do Saber e Parquinho Lage

Dois programas que unem educação e entretenimento para os pequenos

A Casa do Saber e a Escola de Artes Visuais do Parque Lage oferecem uma programação especial, que une educação e entretenimento, para a criançada. A Casinha do Saber, inaugurada em 2016, é um espaço de reflexão para adultos e crianças que contribui para ampliar os horizontes do conhecimento. As atividades acontecem duas vezes por mês, sempre aos sábados, no primeiro piso do Shopping Leblon. O espaço ajuda a estreitar a comunicação entre pais e filhos, usando dinâmicas que incluem jogos, arte, leitura e brincadeiras. Tudo costurado com muito diálogo e informação.

Segundo Carolina Sanches, pedagoga e uma das coordenadoras da Casinha do Saber, o debate sobre quais são os desafios do nosso tempo é uma constante dentro da equipe.

– Adoramos estar antenados com o que rola pelo mundo. Montamos um painel com temas que não podem ficar de fora e que são urgentes para a discussão, seja com os pequenos ou com os adultos. Aliás, isso é bem importante: não existe “tema para criança”. Existem temas para todos, acreditamos que as crianças precisam estar envolvidas nas discussões e reflexões da contemporaneidade. Elas também vivem esses desafios e é preciso ajudá-las a pensar e intervir nesse mundo. A gente toca em assuntos como Empatia, Generosidade, Consumo, Refugiados, Interdependência, Medo de Errar, investindo na potência da criança, da família, dos educadores, para juntos mudarmos o mindset. Em tempos de desorientação, em que tudo é fluido, em que as questões não são tão claras, nós queremos juntar cucas bacanas que possam jogar luz nas dúvidas que todos temos e que, muitas vezes, não temos com quem trocar ou tirar dúvidas. Queremos ser o espaço de escuta ativa das crianças, das famílias e dos educadores, do diálogo aberto, de colaboração e compartilhamento, um espaço de afeto. E nossos temas refletem essa busca e construção – explica.

FOTO: @ALECRISOSTOMO

LAB, da Casinha do Saber. Foto: ALECRISOSTOMO

O projeto atende uma geração que chega exigindo novas referências e perspectivas distintas, ou seja, um jeito novo de viver o presente. Dentro da Casinha do Saber há três iniciativas: o LAB, ou laboratório de experiências filosóficas destinado a crianças de 6 a 9 anos, com duas horas de duração; o Dialog, feito para que mães, pais e avós tenham, no mesmo horário, um espaço de troca de ideias; e o Edux, voltado para educadores e outros profissionais que lidam com a infância.

– Nossa intenção é sempre investir para que a criança seja artista e cientista: que goste de criar, de arte, de transgressões, mas que ao mesmo tempo tenha um olhar curioso, goste de pesquisa, de informação, de conhecimento. A criança é muito autoral, ela possui inovação no sangue e no cérebro. E é por isso que batizamos o nosso trabalho como LAB: nós queremos oferecer as experiências mais originais para que esse criança goste de saber mais e pense sempre fora da caixa – afirma.

O investimento em cada encontro é de R$ 100. Por meio de uma parceria da Casa do Saber Rio com a Reserva Mini, todas as crianças que participam do LAB ganham uma camiseta exclusiva da marca, com estampa inspirada no tema do encontro.

Parquinho Lage. Foto: Divulgação

Parquinho Lage. Foto: Divulgação

Já o Parquinho Lage é resultado de um olhar sobre os cursos voltados para crianças, que sempre aconteceram na Escola de Artes Visuais. Mas a ideia de ampliar isso e transformar numa escola de arte para crianças surgiu durante as oficinas que a artista Rivane Neuenschwander ministrou na Escola de Artes Visuais, no final do ano passado, por conta do projeto Em Nome do Medo (que culminou em exposição recente no Museu de Arte do Rio). Durante as oficinas, a artista convocou a participação de 200 crianças de 6 a 13 anos – vindas de escolas públicas, privadas e abrigos do Rio – a falarem sobre seus medos. Essa dinâmica revelou que é possível trabalhar questões muito profundas com crianças, explica a curadora de programas públicos da Escola de Artes Visuais do Parque Lage e crítica, Lisette Lagnado:

– Nossa intenção é disparar dentro desses pequenos alunos uma sensibilidade artística, independente se serão ou não artistas no futuro.

Com cursos contínuos (a partir de R$ 400), sem exigir que a criança siga um programa pautado por etapas, esse projeto se propõe a revisitar conceitos da educação infantil para formular novas linhas de aprendizado e “desaprendizado”, adotando práticas de experimentação. O menu de cursos é variado e traz desde arte brasileira para crianças a laboratório de inventos em arte e tecnologia, passando por experimentações em gravura, e contam com professores como Caroline Valansi, Maria Laet, Rodrigo Garcia Dutra, João Atanásio e muitos outros.

SERVIÇO:

Casa do Saber Rio
Shopping Leblon – 1º Piso
Av. Afrânio de Melo Franco 290 lj. 101 Rio de Janeiro
Tel.: (21) 2227-2237
inforio@casadosaber.com.br
http://rj.casadosaber.com.br/

 

Parquinho Lage
Rua Jardim Botânico, 414. Jardim Botânico. Rio de Janeiro
Tel.: (21) 2334-4088
cursos.eavparquelage@gmail.com
http://eavparquelage.rj.gov.br/parquinholage/atividades/

Comentar

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *