Estimulando pequenos estilistas

Estimulando pequenos estilistas

Site brasileiro fabrica roupas a partir de desenhos infantis         

Luana Salles (à esquerda) e Viviane Machado (à direita): criadoras do site Pequenos Estilistas

Luana Salles (à esquerda) e Viviane Machado (à direita): criadoras do site Pequenos Estilistas

Viviane, mãe de Melissa, de sete anos, ficou muito interessada na proposta inovadora de uma loja no exterior que fabrica roupas a partir de desenhos infantis (falamos dela aqui nesse link), pois queria fazer um vestido com uma obra de arte da filha. Mas não encontrou opções no Brasil. Foi assim que surgiu a ideia de montrar a própria loja virtual “Pequenos estilistas“.

– Queríamos que fosse possível criar estampas e ter peças que desenvolvessem a autoestima e estimulassem a criatividade desses pequenos estilistas escondidos por esse nosso Brasil gigante – conta Viviane Machado, uma das sócias do site.

O que faltava era o apoio para a abertura de um negócio. Viviane convidou, então, a amiga de infância Luana Salles.

– A Luana foi convidada para fazer parte do projeto por ser alguém que gosta de desafios e aposta na ideia de trabalhar com arte e ideias criativas. Juntas começamos o projeto, desenvolvendo e criando nome, logo, site e abrindo a loja virtual.

O funcionamento do site é muito simples. Neste início, podem ser estampados apenas vestidos e regatas para crianças de 2 à 12 anos.

– Lá, você imprime o molde no tamanho do seu pequeno estilista e deixa ele dar cor à imaginação. Depois que a arte estiver pronta, basta fotografar e concluir a compra no site – explica Luana, lembrando que há tutoriais de cada etapa no site. – A partir daí o trabalho é todo nosso, que produzimos as peças em tecido Dryfit e mandamos diretamente para a casa do cliente.

Em breve, garantem as sócias, haverá novidades.

– Aumentaremos nosso alcance desenvolvendo tamanhos maiores e produziremos também T-shirts. A ideia é permitir que todos possam brincar de ser estilista e incentivar a criação. Afinal, a imaginação é o limite – arremata Viviane.

Comentar

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *