Dieta adequada na gestação

Dieta adequada na gestação

Nutricionista destaca os benefícios da alimentação saudável na gravidez

Se você está tentando engravidar, preste mais atenção nos alimentos que consome. Ter uma dieta saudável, rica em nutrientes, só trará benefícios para você e seu bebê. E se já é gestante, não deixe de seguir as orientações médicas no que diz respeito à alimentação. Equilíbrio no prato ajuda no equilíbrio na balança e até a evitar algumas complicações de saúde.

– Uma dieta adequada é necessária em qualquer fase da vida. Na gravidez a preocupação aumenta, pois o excesso de ganho de peso da mãe afeta e muito o bebê, sem contar que a mãe pode ter diabetes, pressão alta (e com ela vem à eclampsia, que pode até matar). Pode ocorrer também o contrário, a desnutrição devida a falta de nutrientes necessários também causam problemas para o bebê, pois a partir do momento que a mãe não se alimenta de nutrientes essenciais o bebê também não recebe no ventre – alerta a nutricionista Andréa Farah.

Quanto mais informações sobre alimentação a gestante souber, melhor, diz Andréa, pois ainda existe o mito de que grávida tem que “comer por dois”.

– Isso não é verdade e muito menos necessário. A gestante tem que ter acesso a alimentos saudáveis e balanceados para que ocorra uma gravidez tranquila – explica a nutricionista.

A boa alimentação deve estar associada a outros hábitos saudáveis, como não fumar e fazer atividade física moderada. E se estiver acima do peso, procure orientação médica. Não basta, e nem é recomendado, fazer dieta por conta própria, mas sim uma reeducação alimentar.

– Muitas gestantes me procuram quando estão com início de diabetes, pressão alta etc. Procuro adequá-las a uma alimentação saudável e com isso a perda de peso é inevitável. Mas não é prejudicial para o bebê essa perda de peso porque a mãe está se alimentando com comidas saudáveis. Se você come chocolate, pão, fritura, massas e passa a comer, fibras, verduras, legumes, carboidratos integrais também irá perder peso. As substituições são saudáveis – avalia Andréa.

Confira algumas orientações da Andréa Farah para gestantes:
– Evite cereais refinados: pão, massas, arroz… Dê preferência aos integrais.
– Evite açúcar refinado e adoçante, prefira o açúcar demerara, mascavo, mel ou xylitol. Para quem não conhece o xylitol ele provém das fibras de vegetais, tem 40% menos calorias e baixo índice glicêmico, o que não aumenta os níveis de açúcar no sangue.
– Evite doces, bolos, produtos light / diet.
– Evite alimentos processados
– Escolha legumes e verduras cozidas, evite folhas cruas em lugares desconhecidos, pois podem não ser bem higienizados e transmitir alguma doença para a mãe e bebê.
– Coma frango, carnes, peixes.
– Coma frutas.
– Atenção aos “desejos” de grávida, por trás desses “desejos” pode haver uma carência nutricional, como anemia Converse com seu obstetra sobre suas vontades para ele poder investigar.

Comentar

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *