Leite materno vira pingente de recordação

Leite materno vira pingente de recordação

Farmacêutica de Porto Alegre cria o Pingente de Amor

Alguns dos modelos do Pingente de amor. Foto: Reprodução do Facebook

Alguns dos modelos do Pingente de amor. Foto: Reprodução do Facebook

Pensando em eternizar a lembrança da amamentação, a farmacêutica Julia Quintana Moraes criou pingentes feitos de leite materno. É isso mesmo. Depois de dois meses de inúmeras tentativas, e de ter transformado a casa em um laboratório, Julia conseguiu o resultado que queria.

A primeira vez que ouviu falar em joias feitas com leite materno, foi em janeiro de 2016, nos Estados Unidos. Em outubro, teve seu primeiro filho e, meses depois, em um grupo de mães no Facebook, viu uma pessoa perguntando se alguém fazia este tipo de recordação.

– O post teve milhares de comentários e likes. Eu inclusive escrevi que ia tentar fazer. Depois de uns dois meses de testes – a técnica foi desenvolvida por tentativa e erro mesmo – o Pingente de Amor estava pronto.

Depois que o leite chega, é preciso de 15 a 20 dias para fazer o pingente. Leites que tem mais gordura levam mais tempo para petrificar, explida Julia. Quem tiver interesse pode fazer a encomenda no site www.pingentedeamor.com.br, onde estão disponíveis 18 modelos de pingentes para colar, com preços que variam de R$ 89 a R$ 149. E os negócios estão ampliando:

– Semana passada lancei o berloque (uma espécie de pingente que vai especialmente em pulseiras) e essa semana teve o lançamento dos brincos. O valor do brinco ficou em R$ 179.

Após fazer a compra é preciso congelar de 10 a 20ml de leite materno (para 1 pingente) em qualquer embalagem descartável, colocar em um isopor e encaminhar por Sedex para Julia.

– Não é necessário que o leite chegue congelado, mas sim na forma líquida. Quando o leite fica muito tempo no calor ele seca.

Moradores de Porto Alegre podem entregar o leite etiquetado com o nome da mãe no mesmo endereço.

Julia explica que é necessários tomar alguns cuidados com o pingente. Ele não deve ser submetido a altas temperaturas e nem entrar em contato com produtos químicos, pois pode amarelar.

– A mamãe pode até tomar banho com ele, mas ela deve ter cuidado com o uso de sabonete, xampú e condicionador.

 

Comentar

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *